terça-feira, 28 de outubro de 2014

Resenha: O Resgate

Sou fã do Nicholas Sparks desde que assisti ao filme Diário de uma paixão, li a maioria dos livros dele e surpreendentemente “O Resgate”, o mais recentemente lido por mim, decepcionou-me um pouco. O livro traz os ingredientes de praxe das obras do autor: personagens de vida simples, moradores de cidades pequenas, o início de uma paixão, os primeiros encontros e um problemão que estraga tudo.



A narrativa começa muito bem. O filhinho de Denise, Kyle, de 04 anos, desaparece após a mãe se envolver em um acidente de trânsito em meio a uma grande tempestade. Taylor McAden, voluntário do Corpo de Bombeiros, é quem encontra Denise inconsciente no carro e inicia as buscas por Kyle. Como se a tempestade e a floresta para onde provavelmente a criança fugiu não fossem problemas suficientes, Kyle tem dificuldades de linguagem, impedindo que ele entenda os chamados das pessoas que o procuram e também responda aos chamados.

As primeiras páginas do livro são angustiantes. Você só consegue implorar para que Nicholas não tenha cometido o disparate de “matar” aquele menino fofo. Não vou revelar o que aconteceu, somente que as buscas pelo garoto, por algum motivo, chegaram ao fim.

O que se segue é o início da paixão entre Denise e Taylor. Tudo estava ótimo entre eles até que o fantasma da morte do pai de Taylor assombra mais um relacionamento do protagonista e ele se vê sozinho, de novo. Obviamente, o autor só revela os mistérios da morte do pai de Taylor nos últimos instantes do livro.

Não consigo dizer exatamente o que não gostei do livro. Apenas não me surpreendi nem me emocionei com a narrativa, exceto pelas falas de Kyle (se vocês não emitirem um Ownnnn ao lerem as falas do garoto, vocês não têm coração. Sério.).


O Resgate, como dito acima, não é um dos melhores livros de Nicholas Sparks. Então, se você ainda não conhece as obras do autor, escolha outro título para começar. Indico Diário de uma Paixão, Querido John, Um porto seguro, O Guardião e O milagre. Mas se mesmo assim você insistir e quiser ler O Resgate, adianto que Kyle compensa a leitura das 316 páginas.

Onde comprar:

Submarino (R$ 18,90)
Saraiva (R$ 18,91)
Americanas (R$ 25,90)


Nenhum comentário:

Postar um comentário