segunda-feira, 30 de março de 2015

Cofrinho de viagem: Dicas eficientes de economia

Comentei aqui um pouco sobre a minha vida e os meus projetos futuros. Quem teve a oportunidade de ler pôde conhecer a minha paixão, infelizmente, ainda platônica, por viagens, pois tive poucas oportunidades de viajar, por falta de tempo e principalmente, por ausência de recursos financeiros.

Mas como certa vez li que “primeiro damos um passo, depois outro, e logo estamos correndo”, fiz um esboço dos destinos brasileiros que sonho conhecer. Acho que vocês já perceberam que eu adoro uma lista, não é mesmo? Explico: quando eu coloco minhas ideias em uma ordem mais ou menos lógica parece que elas começam a ganhar vida a partir dali, entendem? É como se o que não está escrito, registrado em algum suporte, não existisse.

O meu plano de viagem contém 20 destinos perfeitos, entre praias, serras, cachoeiras, rios e lagos espalhados pelas cinco regiões brasileiras. Acontece que para sair do plano das ideias e ganhar o mundo é necessário certo planejamento, principalmente financeiro. É nesta etapa que você tem que decidir o quanto está disposto a abrir mão para alcançar seus objetivos.

Minha primeira parada: Jericoacoara\CE

Algumas pessoas iluminadas têm um talento nato para poupar e conseguem passar por esse processo com o mínimo de sofrimento. São pessoas muito determinadas e disciplinadas com seu dinheiro. Por outro lado, há um segundo grupo de pessoas, no qual me encontro, que também tem um talento especial: GASTAR DINHEIRO. Não somos irresponsáveis, não estamos na lista do SPC/Serasa, não torramos o cheque especial e o limite do cartão de crédito, apenas gostamos de comprar, simples assim. Se você se encaixa na segunda opção, por favor, não desista desta leitura, continue, pois há uma luz no fim do túnel.
(Imagem: Fruto Proibido)

DICAS DE ECONOMIA QUE FUNCIONARAM COMIGO

  • Poupar em primeiro lugar: Ao receber seu salário, não pense duas vezes, separe imediatamente a parcela a ser poupada, de preferência, transferindo-a para uma conta poupança ou outro tipo de investimento. O importante é não deixar suas economias junto ao restante do dinheiro do mês. Se possível, peça a alguém de confiança para guardar seu cartão da conta poupança, pois, é bem provável que você fique tentado a gastar o dinheiro poupado.
  • Anote seus gastos: Essa dica está em todas as listas de “como economizar dinheiro” e sabe por quê? Porque ela funciona, meu povo. Ao registrar seus gastos você consegue identificar despesas supérfluas bem como o quanto ainda pode gastar.
  • Evite olhar vitrines e/ou entrar em lojas: Essa dica é muito valiosa, pois as tentações estão por toda a parte e basta um olhar mais distraído para você mudar o status de poupadora eficiente para compradora feliz....e pobre.
  •  Descarte as compras parceladas: Além do fato de comprar à vista sair mais barato, o parcelamento é uma técnica que usamos para nos enganar. Pense comigo: o que parece ser menos doloroso ao nosso bolso? Pagar à vista um óculos de R$ 500,00 ou dividir esse valor em cinco vezes? Acho que concordamos que parcelar é mais confortável, tanto que muitas vezes nem temos noção do quanto gastamos com as compras parceladas, ou seja, usamos o argumento de que as parcelas são pequenas e têm um impacto pequeno no nosso saldo bancário para comprarmos mais!
  • Planeje: Não se esqueça das despesas extras, tais como consultas médicas, remédios, presentes de aniversário, óculos ou lentes de contatos que precisam ser trocadas periodicamente, veterinário, vacinas dos pets, etc. Tente calcular esses gastos com antecedência, encaixando-os no seu planejamento, mas sem boicotar a parcela a ser poupada. Por exemplo, se você tem conhecimento que no mês de abril você terá uma despesa X com presentes de aniversários, tente poupar pelo menos 50% desse valor no mês anterior. É interessante também você estipular o quanto pode e deseja gastar com seu lazer. Após anotar todos os seus gastos em um mês, veja o quanto de dinheiro foi destinado ao seu entretenimento e se é possível substituir algumas atividades, por exemplo, séries onlines em vez de cinema, macarrão em casa com os amigos no lugar de pizza, menos balada e mais livros, etc.
  • Leve lanche para o trabalho: Essa dica é muito boa, você economiza dinheiro e ainda pode emagrecer! Claro que para esse plano funcionar você precisa optar por lanches menos calóricos, como frutas, iogurtes, barras de cereais, entre outros. Eu gosto do combo fruta+iogurte, é saudável, gostoso e baratinho!
  • Exceções são aceitas, mas com cuidado: Quando decidi poupar para viajar, meu primeiro passo foi buscar as despesas que poderiam ser reduzidas e aquelas que eu até poderia diminuir, mas não queria. Por exemplo, optei por continuar no pilates, apesar de a mensalidade da musculação ser bem mais em conta. Também não reduzi meus gastos com livros e com os meus cachorros. O segredo é decidir em qual setor de sua vida a economia vai doer menos. Para mim foi mais fácil deixar as baladas, roupas, sapatos e barzinhos de lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário